O primeiro pré-natal e o fim do drama do Beta HCG

A primeira coisa que você aprende quando descobre que está grávida é que tem que medir o raio do Beta HCG.

Em poucas palavras, ele é o único hormônio que excretamos exclusivamente quando ficamos grávidas e, por isso, é sua presença, no sangue ou na urina, que faz com que o teste de gravidez apareça positivo.

Bom, até aí, maravilha. Na minha cabecinha amadora, eu só tinha saber se sua presença era positiva ou negativa, certo? Nããão, errado.

A verdade é que a velocidade e forma de aumento desse hormônio é um indicador de evolução ou não da gravidez.

Ahhh, meu amigo… ansiedade à vista! Porque como eu vou saber se o raio do Beta está evoluindo adequadamente? Google, né? Hum, e aí começa o drama.

Existem milhares de chats, sites, apps, que indicam a quantidade de hormônio adequada para cada fase da gestação, só que é uma bagunça infernal.

O intervalo aceitável pelas tabelinhas disponíveis é gigante, e, inevitavelmente, você acaba entrando naqueles chats em que mães tão ansiosas, despreparadas e neuróticas quanto você estão. E elas ficam comparando os números!!

Meu Deus, é enlouquecedor, especialmente se você, como eu, tem números muito menores do que elas estão exibindo…

E os meus eram baixinhos… nem vou colocar aqui para você não querer comparar com o seu. Esse é justamente o ponto desse post: não faça isso! Não compare seu número com os das outras mães.

Quase me descabelei até descobrir isso. Inclusive, fiz um ultrassom antes da hora só pra ver se me acalmava. E claro que não me acalmei.

No final, fiquei tão desesperada que, inclusive, fiz um novo exame de sangue no mesmo dia em que fiz meu segundo ultrassom, tudo antes da primeira consulta de pré-natal, pense no tamanho da ansiedade.

E o número ainda estava mais baixo dos que eu via na Internet… mas o bebê estava lá! Com perninhas e tudo!

Moral da história: sim, avaliar sua evolução hormonal é importante, mas a única pessoa que tem condição de fazer isso é o seu médico. Não você. Sinto muito.

Hoje, finalmente, com 8 semanas, passei pela minha primeira consulta de pré-natal (não fui antes porque estava viajando em férias), e vi que, de fato, está tudo correndo bem com a minha gestação. Não havia motivo pra neuras.

Minha médica, fofíssima, aliás, me explicou que a evolução do hormônio só é relevante no comecinho, até que o bebê possa ser visto pelo ultrassom. Depois, não importa mais. E que realmente cada organismo é de um jeito.

Assim, não surte, relaxe. Faça os exames que seu médico indicar, e converse COM ELE sobre os resultados. Sua gestação é tão única quanto você.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s